Abordagem com práticas junguianas

                              PROCESSOS DE AVALIAÇÃO

 

As avaliações nos processos comportamentais, tanto individuais quanto em equipes, são realizadas com métodos modernos e inovadores, e fazem parte da milenar história do ser humano em todas as fases da compreensão de sua existência. Estes processos induzem o indivíduo a posicionar-se numa maior reflexão no entendimento de sua origem e funções. Diante dos questionamentos e das grandes descobertas, o autoconhecimento é inevitável.

Os fundamentos destes processos têm origem nas percepções comportamentais da psicologia analítica, complementada pela psicologia positiva. Tomam como base a inteligência emocional do indivíduo. São denominadas "práticas junguianas", originadas das descobertas científicas do Dr. Carl G. Jung, e utilizam a arte e o poder de criação na interpretação científica da consciência humana.

Dr. Carl Gustav Jung - Médico psiquiatra, psicólogo e professor, pesquisador e cientista, responsável pela introdução da Psicologia Analítica como forma de interpretar a diversidade da psique. Seu trabalho influi cada vez mais na psicologia e psiquiatria modernas, no estudo da religião, na literatura, na arteterapia e áreas de desenvolvimento de recursos humanos. O conceito principal da psicologia analítica é a individuação - processo psicológico de integração dos opostos, incluindo o consciente e o inconsciente. É considerado o processo central do desenvolvimento humano.

Nasceu em Kesswil, na Turgóvia, Suíça, em 26 de julho de 1875. Faleceu em 06 de junho de 1961. Suas maiores publicações ocorreram na década de 1915. Elaborou teorias e idéias notáveis com estudos científicos, desenvolvendo conceitos sobre Complexos, Inconsciente Coletivo, Arquétipos, Sombra, Anima e Animus, Individuação e Sincronicidade. É um dos maiores colaboradores contemporâneos conhecidos para análise de sonhos e simbolismos da psique. Embora exercesse sua profissão como médico e se considerasse um cientista, muito do trabalho de sua vida foi desenvolvido com o intuito de explorar áreas tangenciais, incluindo a filosofia oriental e ocidental, a mitologia, alquimia, astrologia, sociologia, literatura e artes.